madeira news

Mar 7, 2021 - 2 minute read

Faz hoje um ano que a Madeira tremeu

A Madeira tremeu há um ano com um sismo de magnitude 5.2, na escala de Ritcher, fazendo a população sair à rua, em massa. Poucos dias depois, a covid-19 instalou-se na ilha e de forma silenciosa virou a vida dos madeirenses ao contrário obrigando-os a ficar em casa. A fim de melhorar a vigilância sísmica, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê “a instalação a curto ou médio prazo de cinco novos sismógrafos e 20 estações acelerométricas de forma a melhorar, em especial, a localização dos sismos e a respetiva profundidade, revelou ao JM o delegado regional do IPMA, Victor Prior.

Mar 7, 2021 - 4 minute read

Finanças regionais com proposta consensual nesta sessão legislativa

O presidente da Comissão Eventual para o “Aprofundamento da Autonomia e Reforma do Sistema Político”, José Prada, estima que ainda este ano surja uma proposta consensual para a revisão da lei de finanças das regiões autónomas. A proposta deverá ser criada a partir da colaboração das cinco forças políticas que compõem a comissão. Como avalia os trabalhos da comissão até ao momento?Os trabalhos da Comissão decorrem dentro da normalidade e é de relevar que, em plena pandemia, houve um esforço para que as audições continuassem a ser realizadas e para que todos os que fazem parte desta estrutura pudessem colocar as suas questões e obter os devidos esclarecimentos rumo ao consenso político necessário.

Mar 7, 2021 - 11 minute read

Herberto Jesus: Reabrir a economia só com 20 casos diários

Herberto Jesus assumiu a Direção Regional de Saúde em novembro de 2020, mas desde a primeira hora tem estado na linha da frente do combate ao coronavírus. “Tem sido uma viagem alucinante”, admite. “Tem sido um ano e um mês muito intenso, em que eu só penso nisto, só vivo isto”, confessa. Com a batalha a ser ganha, o responsável diz que a reabertura da economia só deverá acontecer dentro de um mês, se se diminuir o número de casos diários positivos para 20.

Mar 7, 2021 - 2 minute read

Nacional inicia ’operação dérbi’

Os alvinegros começam hoje a preparar o duelo com o Marítimo. O Nacional regressou na manhã de ontem à Madeira, começando hoje a preparar o dérbi com o Marítimo, agendado para sexta-feira, às 20h30, no Estádio da Madeira, num duelo que serve de abertura da 23.ª jornada.Os alvinegros iniciam a semana de treinos hoje de manhã na Choupana, começando a preparar o importante duelo com os eternos rivais, sabendo já que ficam de fora Rúben Micael e Pedrão, que completaram no jogo uma série de amarelos.

Mar 7, 2021 - 2 minute read

Numa semana foram transportados 7 doentes do Porto Santo

Segundo fonte da corporação de bombeiros local, tratou-se de um caso de suspeita de AVC, pelo que se impôs a vinda do doente para a Madeira.Com este caso, sete doentes da ilha dourada foram transportados, pelos meios aéreos da FAP (helicóptero e avião), tendo como destino o Hospital Central do Funchal Dr. Nélio Mendonça. O primeiro transporte assinalado nas redes sociais da FAP, ocorreu na tarde de segunda-feira, dia 1. A Esquadra 502 – ‘Elefantes’ realizou a missão tendo como passageiros dois doentes de 37 e de 38 anos.

Mar 7, 2021 - 3 minute read

Olho.te cria “Eva”, uma instalação a pensar na igualdade de género

Para assinalar o Dia Internacional da Mulher – que se celebra esta segunda-feira, a Associação Olho.Te associou-se à efeméride com um projeto de arte participativa que estará exposto em vários espaços públicos do Funchal. O convite partiu da Câmara Municipal do Funchal, uma vez que a associação, com sede no Bairro da Nazaré, faz parte do Conselho Municipal para a Igualdade, mas a ideia do que fazer para assinalar a data nasceu do seu presidente, Hugo Andrade.

Mar 7, 2021 - 2 minute read

Oportunidade para ganhar alento

Marítimo vai voltar a entrar em campo com a ‘lanterna-vermelha’ nas mãos. Mas um triunfo impede que a equipa some a terceira ronda seguida entre aflitos… A receção do Marítimo ao Moreirense, agendada para o final da tarde deste domingo, apresenta-se como uma excelente oportunidade para os verde-rubros quebrarem finalmente a série negativa de resultados que atirou a equipa para a zona de despromoção, onde segura a lanterna-vermelha, embora com menos um jogo.

Mar 7, 2021 - 11 minute read

Partidos propõem baixa fiscal e Estado mais comprometido

As propostas apresentadas pelos partidos de alteração da lei de finanças regionais vão no sentido de dar maior liberdade fiscal à Região, mas também de criar mais comprometimento do Estado nas questões regionais. Há quatro propostas de alteração provenientes da maioria PSD-CDS, do PS, do JPP e do PCP. A proposta final, que vai sair do consenso entre as várias alterações apresentadas, poderá, no limite, sugerir uma revolução fiscal na Madeira.

Mar 7, 2021 - 6 minute read

PCP pronto para combates do presente e do futuro

No âmbito dos 100 anos da sua fundação em Portugal, o PCP organizou ontem uma iniciativa denominada ‘100 anos, 100 bandeiras’, no culminar de uma série de outras iniciativas alusivas à data. Na Praça do Povo, no Funchal, Edgar Silva relevou que “comemoramos com imensa alegria e orgulho, neste dia 6 de março, 100 anos de luta do Partido Comunista Português com a mesma determinação de sempre, pronto para travar os combates do presente e do futuro e responder às exigências que a vida lhe coloca para continuar a servir os trabalhadores, o povo e o País”.

Mar 7, 2021 - 2 minute read

Pedro Calado à disposição do PSD para o Funchal

Pedro Calado diz que nada está ainda decidido, mas coloca-se à disposição do PSD para encabeçar a lista candidata à Câmara Municipal do Funchal. Se esse for o entendimento do PSD, Pedro Calado diz-se disponível para liderar uma candidatura à presidência da Câmara Municipal do Funchal. “Essa decisão ainda não está tomada”, disse ontem, referindo que, por esta altura, “estamos muito focados naquilo que são as obras do Governo”. Todavia, colocou-se ao dispor do PSD: “se o partido assim o entender e se for melhor para a Região e para a cidade do Funchal, não tenho qualquer problema em encarar isso como um desafio positivo, quer para a Câmara do Funchal, quer para a população”.