madeira news

Mar 12, 2021 - 3 minute read

Covid-19: Associação de Eventos apela à intervenção do poder local para apoiar setor

As autarquias são apontadas no texto como um dos principais motores da cultura e dos eventos nos últimos anos, setores que, de acordo com a Associação Portuguesa de Serviços Técnicos para Eventos (APSTE), estão atualmente “ligados às máquinas em coma profundo”. Num comunicado envido às redações, a APSTE informou que enviou 308 missivas dirigidas aos presidentes das Câmaras Municipais de Portugal continental e das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores com o intuito de apelar ao seu envolvimento e ajuda na procura de soluções para garantir a sobrevivência das empresas ligadas aos setores da cultura e dos eventos.

Mar 12, 2021 - 1 minute read

Exportações caem 9,8% e importações recuam 17,2% em janeiro

As exportações e as importações portuguesas de bens agravaram a quebra homóloga em janeiro e recuaram 9,8% e 17,2%, respetivamente, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE). De acordo com as Estatísticas do Comércio Internacional do INE, “em janeiro de 2021 as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de -9,8% e -17,2%, respetivamente (-7,4% e -6,5%, pela mesma ordem, em dezembro de 2020)”. “Estas evoluções foram muito influenciadas pelos decréscimos acentuados das exportações e das importações de ‘combustíveis e lubrificantes’ (-39,3% e -46,1%, respetivamente) e de ‘material de transporte (-10,9% e -26,4%, pela mesma ordem)”, refere o instituto estatístico.

Mar 12, 2021 - 3 minute read

Covid-19: Ginásios dizem que plano de desconfinamento é uma “desilusão”

A Portugal Activo|AGAP, associação que representa as empresas de ginásios, considerou hoje que o plano de desconfinamento anunciado pelo Governo é uma “desilusão” e lembra que o setor já provou ser “seguro”. “Este plano é uma desilusão, porque consideramos que somos uma atividade essencial, que é promotora de saúde e não entendemos o porquê de não integrarmos a primeira fase de reabertura”, disse à agência Lusa José Carlos Reis, presidente da AGAP, que reforçou esta posição lembrando que “não houve surtos nos ginásios” aquando do primeiro desconfinamento.

Mar 12, 2021 - 3 minute read

PR da África do Sul diz que Goodwill Zwelithini contribuiu para a unidade nacional

O presidente sul-africano Cyril Ramaphosa considerou hoje o rei Goodwill Zwelithini, que morreu hoje, um “monarca visionário” que contribui para a unidade nacional na África do Sul. “Sua Majestade será lembrado como um monarca visionário muito amado que deu uma importante contribuição para a identidade cultural, unidade nacional e desenvolvimento económico no KwaZulu-Natal e, por meio disso, para o desenvolvimento do nosso país como um todo”, referiu em comunicado o Presidente Ramaphosa.

Mar 12, 2021 - 1 minute read

Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria organiza aula de atividade física

A Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria organiza amanhã, dia 13 de março, uma aula de atividade física, sob o tema ‘Equilíbrio entre o corpo e a mente’. A aula em questão acontecerá por volta das 10h30 e será transmitida em direto no Facebook desta junta. “Esta aula será de baixa intensidade, com uma mistura de exercícios de Yoga e Pilates, cujo objetivo é promover sensações de bem-estar, fortalecer e relaxar a mente e o corpo.

Mar 12, 2021 - 2 minute read

Entre 600 e 800 portugueses ainda retidos no Brasil

Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades, informou hoje que entre 600 e 800 portugueses estão ainda retidos no Brasil devido à suspensão das ligações aéreas, incluindo 100 em situação prioritária, o que justificou um terceiro voo de repatriamento. “São 600, 700 ou 800 portugueses” que ainda estão retidos naquele país, disse a secretária, em entrevista à Lusa, salientando que este é um número variável, tal como “a categoria de prioritários também é dinâmica e pode, dentro de alguns dias, integrar mais pessoas”.

Mar 12, 2021 - 2 minute read

SINDEPOR pede cautela no desconfinamento

Numa nota enviada à redação, o presidente do SINDEPOR – Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal, Carlos Ramalho, afirmou concordar com o desconfinamento “a conta gotas” anunciado ontem pelo primeiro-ministro. No entanto, segundo o responsável, este desanuviar das restrições deve será efetuado tomando as cautelas necessárias, de modo a evitar os erros cometidos no Natal. “Sabemos que, se a situação voltar a agravar-se, vão ser os profissionais de Saúde e, em particular, os enfermeiros, quem vai ter a sua vida mais complicada”, alertou Carlos Ramalho, que apela a um desconfinamento “cauteloso, gradual e sustentado nas evidências científicas suportadas pelos conhecimentos mais recentes”, para que, no futuro, não seja necessário confinar de novo a população e encerrar atividades, com consequências ainda mais desastrosas para a economia do país.

Mar 12, 2021 - 2 minute read

Governo apela para que portugueses só façam viagens essenciais

Em entrevista à agência Lusa, a secretário de estado das Comunidades Portuguesas apelou aos portugueses para que só façam viagens mesmo essenciais e que cumpram, no final destas, a quarentena obrigatória. “Queria reforçar essa questão, continuamos a aconselhar a fazerem apenas viagens essenciais. Isso é mesmo muito importante. Esta recomendação para os portugueses fazerem apenas viagens essenciais para o Brasil ou até mesmo para outros países mantém-se”, afirmou Berta Nunes.

Mar 12, 2021 - 1 minute read

Mãe e filho detidos por tráfico de droga em Mirandela

Segundo noticia o Jornal de Notícias, o Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Mirandela procedeu, ontem, à detenção de uma mulher de 61 anos e o filho, de 43, por tráfico de estupefacientes, em Mirandela. Num comunicado divulgado ontem, o Comando Territorial de Bragança revela que as detenções aconteceram no âmbito de uma investigação que decorria há cerca de um ano, por tráfico de estupefacientes, nos concelhos de Mirandela e Vila Flor.

Mar 12, 2021 - 1 minute read

JPP reclama adaptação dos direitos de famílias de acolhimento à Madeira

O Juntos pelo Povo fez saber, esta manhã, que irá dar entrada de um decreto legislativo regional que tem por objetivo adaptar a Madeira no panorama nacional de valorização das famílias de acolhimento. Rafael Nunes realçou que “existem várias famílias que gostariam de se candidatar a ser família de acolhimento, de forma a poderem proporcionar um melhor bem-estar a estas crianças, mas, ficam condicionadas pela falta de direitos que, no Continente já se encontram em vigor há mais de um ano, mas, que nunca foram adaptados à Região”.