madeira news

Feb 28, 2021 - 2 minute read

GNR apreende toneladas de bivalves e artigos contrafeitos no sul do país

Duas toneladas de ameijoa japonesa e vários artigos de roupa e calçado de marca contrafeita foram apreendidos em Alcochete, num valor total de 20.000 euros, anunciou hoje a GNR. A operação, desencadeada pelo Comando Territorial de Setúbal, ocorreu no sábado, nas localidades de Samouco e Alcochete. Os militares do Destacamento do Montijo atuavam no âmbito da fiscalização das medidas impostas para o estado de emergência, devido à pandemia de covid-19, e do controlo da apanha de bivalves no estuário do Tejo, em que detetaram várias pessoas.

Feb 28, 2021 - 3 minute read

Produção de petróleo cai 20% em Angola sem novos investimentos

A consultora Fitch Solutions considera que a produção de petróleo em Angola pode cair quase 20% até final da década, para 1 milhão de barris diários, se não forem feitos novos investimentos no setor petrolífero. “Antevemos que a produção de petróleo em Angola decline a longo prazo, com a produção de petróleo, gás natural liquefeito e outros líquidos a contrair-se, em média, 2,2% ao ano até ao final da nossa previsão a dez anos, chegando a 1,03 milhões de barris diários em 2030”, dizem os analistas.

Feb 28, 2021 - 2 minute read

Covid-19: Alemanha registou 7.890 novos casos e 157 mortes em 24 horas

A Alemanha registou nas últimas 24 horas 7.890 novos casos de coronavírus e 157 mortes pela doença, anunciou hoje o Instituto Robert Koch (RKI) de virologia, sinalizando um aumento dos contágios e do número de mortes na semana. Há uma semana, houve menos 214 novos contágios e um total de 145 mortos, segundo dados do RKI. A incidência semanal manteve-se em 63,8 contágios por 100.00 habitantes. Em janeiro e durante as primeiras semanas de fevereiro, o número de novos contágios desceu, mas essa tendência foi interrompida, o que, segundo o RKI, pode estar relacionado com a presença de novas variantes no país.

Feb 28, 2021 - 11 minute read

Covid-19: Saúde mental ficou ainda mais fragilizada devido à pandemia

A saúde mental saiu a perder em todo o mundo devido à pandemia de covid-19, com estudos em vários países a refletirem o aumento dos índices de medo, ansiedade e depressão nas suas populações. Na Argentina, país que teve a maior quarentena em todo o mundo, cerca de oito meses, um estudo da Faculdade de Psicologia da Universidade de Buenos Aires concluiu que o confinamento afetava a saúde mental de 80,3% dos argentinos.

Feb 28, 2021 - 3 minute read

Myanmar: Protestos voltam às ruas um dia após detenção de centenas de manifestantes

Myanmar (antiga Birmânia) está a viver hoje um novo dia de manifestações em massa, após a violência policial do dia anterior, quando 479 pessoas foram detidas sob a acusação de “protestos contra o Estado”. A polícia, além de deter centenas de pessoas, incluindo jornalistas, disparou balas de borracha e gás lacrimogéneo contra manifestantes no sábado, informou a emissora pública agora controlada pelos militares. As forças policiais espancaram brutalmente alguns dos detidos e usaram táticas de intimidação contra outros, incluindo uma mulher grávida e uma voluntária de saúde.

Feb 28, 2021 - 2 minute read

Covid-19: Biden saúda nova vacina mas pede que não se baixe a guarda

O presidente norte-americano, Joe Biden, saudou no sábado a aprovação no país de uma terceira vacina contra a covid-19, a da Johnson and Johnson, mas pediu que não se baixe a guarda contra a pandemia, que já provocou mais de 500.000 mortos nos Estados Unidos. Desde o início da pandemia, o país acumulou 510.134 óbitos e 28.481.239 casos da doença, segundo a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins. “Esta é uma ótima notícia para todos os americanos e um passo encorajador nos nossos esforços para acabar com a crise”, disse Biden, em comunicado, acrescentando: “Mas não podemos baixar a guarda ou dar como certo que a vitória é inevitável”.

Feb 28, 2021 - 3 minute read

Ordem dos Médicos defende que Estado deve “investir a sério” no capital humano

A Ordem dos Médicos (OM) defende que o Estado deve “investir a sério” no Serviço Nacional de Saúde a dois níveis: no capital humano e na capacidade de resposta do SNS a desafios atuais e futuros. O bastonário da OM, Miguel Guimarães, falava à agência Lusa a propósito do primeiro ano da epidemia em Portugal (dia 02 de março de 2020 foi diagnosticado o primeiro caso de infeção), e sobre as lições que se podem retirar da pandemia, que já levou a dois confinamentos gerais em Portugal para travar a disseminação do vírus SARS-Cov-2.

Feb 28, 2021 - 2 minute read

Covid-19/Um ano: Despesa do SNS com a pandemia ultrapassou os 900 milhões

A despesa paga pelas entidades do Ministério da Saúde com a pandemia de covid-19 no ano passado ultrapassou os 900 milhões de euros. Os dados oficiais indicam que a despesa no Serviço Nacional de Saúde (SNS) aumentou 11,3% em janeiro deste ano relativamente ao mesmo período de 2020, mais 93 milhões de euros, totalizando 915,9 milhões. A maior fatia da despesa foi para gastos com pessoal e material de consumo clínico.

Feb 28, 2021 - 3 minute read

Covid-19/Um ano: SNS perdeu quase mil médicos em 2020

A pandemia de covid-19 foi um teste ao Serviço Nacional de Saúde (SNS), que já tinha escassez de meios humanos e que, mesmo com as novas contratações, acabou o ano 2020 com quase menos mil médicos do que começou. Num ano em que os hospitais públicos estiveram no limite e se viram obrigados a deixar de fazer 1,3 milhões de consultas e cerca 150 mil cirurgias (programadas, urgentes, convencionais e ambulatório) para acudir aos doentes com covid-19, o SNS perdeu 945 médicos (contando com os internos), segundo dados oficiais.

Feb 28, 2021 - 3 minute read

Baixo nível escolar e língua levam portugueses a falharem residência permanente no Canadá

O baixo nível escolar e do grau de inglês ou francês “são dos principais fatores que levam os portugueses” a falharem a obtenção de residência permanente no Canadá, disse à agência Lusa uma consultora de imigração. “Uma das dificuldades que os portugueses têm tido, o que os leva a não serem elegíveis para os programas de imigração é porque não têm um nível de educação alto e o grau de inglês ou francês é muito baixo.